Quando do evento de sucessão, perguntas como “O que acontecerá com meu patrimônio e com minha família quando eu não estiver mais aqui?” já deveriam ter sido respondidas e um planejamento sucessório implementado para facilitar o acesso da família ao patrimônio global com a menor carga tributária possível.